quinta-feira, 24 de maio de 2012

Perdão a  si mesmo

A generosa vida em sua realidade está sempre oferecendo a você OPORTUNIDADE, porém invariavelmente você acaba por se achar não merecedor do que lhe chega, caindo dessa forma no aguilhão dos maus resultados descendentes das suas atitudes, que pesam a consciência. Nascendo dessa forma a mágoa para consigo mesmo, você acaba se perdendo na noite escura dos desalinhos sentimentais que atrai uma serie de fatores perturbadores que  lhe mantém refém do remorso.
Todo trajeto sentimental passa por altos e baixos que estimula ou esmorece. A questão é: “Qual é sua escolha?”
Quando você escolhe o desânimo, por exemplo, trata-se de uma nódoa emocional que lhe aprisiona no “cárcere dos culpados”. Sem perceber, você mesmo acaba fechando todas as portas sem permitir a dádiva ou a glória pessoal. Por isso chegou a hora de se perdoar...
Perdoar é um ato de coragem para poucos nos dias de hoje, e essa falta de perdão vem fazendo vítimas no mundo inteiro, aniquilando relacionamentos afetivos e sociais. Se você não se dá oportunidades, como poderá esperar por dias melhores? Se você não se ama, como poderá exigir o amor de outrem?
Jesus Cristo asseverou: “Ame teu próximo como a ti mesmo”.
Será que você sabe mesmo o que é amar a si mesmo?
Os fatos são reais no mundo hodierno. A cada 10 pessoas, 4 estão depressivas, isso é um alerta para você. As mudanças climáticas fazem parte desse fenômeno sentimental que a HUMANIDADE está atravessando... Não é por acaso que tudo isso vem sucedendo, seu sentimento nocivo acaba influenciando no psiquismo coletivo de uma onda de tragédias que vão direto ao alvo. E isso ocorre pelo processo de opressão pessoal que você carrega em seu colo emocional atraindo raios de energias deletérias fomentando dessa forma as patologias.
 A falta do perdão a si mesmo é a grande batalha que você precisa vencer, por falta de perdão a si mesmo hoje em dia se tem a geração do uso contínuo, ou seja, pessoas que estão “rivoltradas” pelo uso em excesso dos ansiolíticos e quase sempre sem a devida orientação de um médico. Você pode mudar isso. Se se conscientizar dos seus deveres sentimentais, não terá dificuldades com seus diretos sentimentais.
Só se tem comportamentos estranhos quando se tem culpa de consciência, e a mágoa consigo mesmo é o maior entrave de sua ascensão. O frustrado em si, é um magoado carregando o peso da culpa. Quando você se acha frustrado - é apenas uma questão a ser observada, ou seja, você não se perdoa por algum equivoco, terminando por se acovardar perante os fatos que se desenham sob a realidade dos episódios diários do seu comportamento.
Se você deseja mudar essa situação, só há uma maneira para tal: Observar seu sentimento...
Responda mentalmente: “você se acha apto para receber o melhor da vida?”
Se você pensou para responder é sinal que não sabe direto o que quer, mas se disse rápido sem medo de errar já é um grande passo.
Quando você se perdoar, acabará por mudar sua energia vibratória, deixando o que é ruim para se apossar do que bom e belo... Reconcilia-te consigo mesmo, pois o resto é questão de dias, eliminar o problema em sua matriz é conduta leal de quem está próximo de sua conquista pessoal... O SUCESSO acontece a você quando você está preparado sentimentalmente sem as pedras do preconceito atiradas pelas suas próprias mãos. Se deseja ter algum êxito na vida, comece perdoando a si mesmo...
Célio Faria*


*Célio Faria da Silva é Psicoterapeuta Holístico, Escritor, Coach, Palestrante Motivacional e pesquisador do comportamento humano. Para contratar palestras e outros trabalhos realizados pelo autor, escreva para assessoria.terapeutacelio@gmail.com.